Cantar sobre os ossos | bella | 2015 | 0'57"

Criação / Creation: bella

Edição / Edited by : bella

Som / Sound by: bella

Este trabalho é relacionado ao mito da "Mulher Selvagem".

As imagens e sons são de arquivo. Em analogia ao mito, elas passam por um processo de empilhamento e saturação. Busca-se um limite, assim como os ossos, limite inquebrantável do corpo. Todos os sons são de autoria feminina. 

"Em algum momento da corrida, seja pela velocidade, atravessando um rio que salpica água ou pela incidência de um raio de sol ou luar ao seu lado, o lobo é subitamente transformado em uma MULHER que ri e corre livre em direção ao horizonte. Portanto, diz-se que se você está vagando pelo deserto, ao redor do pôr do sol, e talvez esteja um pouco perdido, cansado, sem dúvida você tem sorte porque LA LOBA pode simpatizar com você e lhe ensinar algo - algo da alma". Pinkola.

 

_

This work is related to "Wild Woman" mythology.

The images and sounds are from archive. In analogy to the myth, they go through a process of piling up and saturation. A limit is sought, just like the bones, the unbreakable limit of the body.

All sounds were created by women. 

“At some point of the race, either by speed, by crossing a river splashing water or by the incidence of a ray of sunlight or moonlight on his side, the wolf is suddenly transformed into a WOMAN laughing and runs free toward the horizon. Therefore, it is said that if you are wandering through the desert, around the going down of the sun, and maybe be a little lost, tired, no doubt you are lucky because LA LOBA can sympathize with you and teach you something - something of the soul.” Pinkola.